Classe Gramatical: Conheça as 10 Classes, Definições e Exemplos

A classe gramatical ou, também chama de classe de palavras, é o estudo da morfologia dentro da Língua Portuguesa.

Podemos dizer que, trata-se da classificação das palavras, segundo a sua distribuição sintática e morfológica.

Existem diversas classes gramaticais, como substantivos, adjetivos, verbos, advérbios, pronomes, preposições, conjunções e interjeições. Cada classe possui características específicas que determinam seu papel na estrutura da frase da suas Redações do Enem, por exemplo.

As classes gramaticais são dez, sendo elas: substantivo, verbo, adjetivo, pronome, artigo, numeral, preposição, conjunção, interjeição e advérbio.

As classes gramaticais ajudam a organizar e compreender a gramática de uma língua, permitindo a análise e a descrição adequada das palavras dentro de um contexto linguístico. Vamos falar sobre as Classes Gramaticais e, se você ficar com dúvidas, é só deixar nos comentários.

Substantivo

O substantivo ou nome é a classe gramatical da qual se designam ou se nomeiam os seres. É a palavra que serve, de modo primário, como núcleo de sujeito, do objeto direto, do objeto indireto e do agente da passiva. O substantivo nomeia os seres de forma geral, sendo eles objetos, fenômenos, lugares, qualidades, ações, etc.

Por exemplo:

  • Vitória é uma linda menina.
  • Brasil é um país do hemisfério sul.
  • A tua beleza me encanta.

Existem diversos tipos de substantivos, podendo ser: comum, próprio, concreto, abstrato, coletivo, etc. Confira:

Substantivo comum

Os substantivos comuns nomeiam seres ou indivíduos do mesmo grupo, de forma genérica.

Por exemplo:

  • menino
  • pessoa
  • gente
  • país
  • cidade
  • faca  

Deixe seu contato e embarque na jornada rumo ao sucesso. Juntos, vamos conquistar grandes resultados! Preencha o formulário agora e faça parte da equipe vencedora!

Substantivo próprio

Os substantivos próprios são os que particularizam seres ou lugares. Sempre serão escritos com letra maiúscula, pois caracterizam um nome próprio.

Exemplos:

  • Brasil
  • Espanha
  • Joana
  • Carlos
  • São Caetano do Sul
  • Campinas

Substantivo Simples

Os substantivos simples são aqueles formados por apenas uma palavra.  

Exemplos:

  • casa
  • garfo
  • camisa

Substantivo Composto

Os substantivos compostos são formados por duas ou mais palavras. 

Exemplos:

  • guarda-roupa
  • beija-flor
  • estrela-do-mar
  • cachorro-quente
  • fim de semana
  • erva-doce
  • casa de banho

Substantivo Concreto

Designam coisas palpáveis, como pessoas, objetos, animais e lugares. Ou seja, ele nomeia tudo aquilo que é possível “ver” ou “tocar” concretamente.

Por exemplo:

  • livro
  • lápis
  • gato
  • fada

Substantivo Primitivo

Os substantivos primitivos são aqueles que não derivam de outras palavras.  

Exemplos:

  • casa
  • folha
  • chuva

Substantivo Derivado

Os substantivos derivados são aqueles que possuem origem em outras palavras.   

Exemplos:

  • casarão
  • folhagem
  • chuvarada
  • ventania
  • matagal
  • florista

Substantivos Abstratos

Se referem aos sentimentos, estados e qualidades. Coisas não palpáveis.

Por exemplo:

  • amor
  • raiva
  • ranço
  • honestidade
  • bondade
  • pobreza
  • doença
  • velhice

Substantivos Coletivos

Os substantivos coletivos são aqueles que se referem a um conjunto de seres.

Exemplos:

  • alcateia
  • clero
  • coro
  • batalhão
  • enxame
  • cardume

Verbo

Verbos são as palavras que indicam ações, estado ou fenômenos da natureza. Por exemplo:

  • Sairemos mesmo com chuva.
  • Corro contra o tempo todos os dias.
  • Esta ventando muito na praia.

Os verbos são classificados em: regulares, irregulares, defectivos e abundantes.

Verbos Regulares

Os verbos regulares são aqueles que ao serem conjugados não sofrem modificações em seu radical.

Por exemplo:

O verbo cantar (radical: cant-) pode ser conjugado em qualquer tempo e pessoa, sem que seu radical se modifique.

PRESENTE PRETÉRITO FUTURO
eu cantoeu canteieu cantarei
tu cantastu cantoutu cantaras
ele cantaele cantouele cantará
nós cantamosnós cantávamosnós cantaremos
vós cantaisvós cantaríeisvós cantareis
eles cantameles cantarameles cantarão
Classe gramatical: verbo regular

Verbos Irregulares

Classe gramatical
Verbos Irregulares

Verbos irregulares são aqueles que quando conjugados, apresentam alteração em seu radical e/ou têm desinência diferente daquela do verbo paradigma.

Por exemplo:

PRESENTE PRETÉRITO FUTURO
eu voueu iaeu fui
tu vaitu iastu foste
ele vaiele iaele foi
nós vamosnós iamosnós fomos
vós idesvós íeisvós fostes
eles vãoeles iameles foram
Classe gramatical: verbos irregulares

Verbos Defectivos

Verbos defectivos são aqueles que possuem conjugação incompleta, ou seja, não se conjugam em todos os modos, tempos e pessoas. Podem ser conjugados apenas nas formas arrizotônicas, ou melhor, nas formas cuja vogal tônica permanece fora do radical.

PRESENTE PRETÉRITO FUTURO
eu –eu ressarciriaeu ressarcirei
tu – tu ressarcistestu ressarcirias
ele –ele ressarciuele ressarcirá
nós ressarcimosnós ressarcíamosnós ressarciremos
vós ressarcisvós ressarcistesvós ressarcireis
eles –eles ressarcirameles ressarcirão
Classe gramatical: verbos defectivos

Verbos Abundantes

Verbos abundantes são verbos que apresentam particípio duplo, ou seja, duas formas equivalentes no particípio, uma regular e uma irregular.

Por exemplo:

VERBO REGULARIRREGULAR
aceitaraceitadoaceito
ganharganhadoganho
imprimirimprimidoimpresso
matarmatadomorto
elegerelegidoeleito
juntarjuntadojunto
Classe gramatical: verbos abundantes

Adjetivo

Classe gramatical
Classe gramatical: adjetivos

Adjetivo é a palavra que atribui qualidades aos substantivos, tais como: feliz, superinteressante, amável. Em geral, é comum achar que um adjetivo é usado somente para atribuir características positivas a algo ou alguém, mas, mesmo quando são características negativas, estas também são chamadas de Adjetivos.

Exemplos de frases com adjetivo:

  • A moça ficou feliz ao receber o presente.
  • O artigo ficou surpreendentemente superinteressante.
  • Você sempre foi uma pessoa amigável.

Pronome

Pronome é a palavra que substitui ou acompanha o substantivo, indicando a relação das pessoas do discurso, tais como: eu, contigo, aquele.

Exemplos de frases com pronome:

  • Eu aposto como ele vem.
  • Contigo vou até a Lua.
  • Aquele tipo não me sai da cabeça.

Há vários tipos de pronomes: pessoais, possessivos, demonstrativos, relativos, indefinidos e interrogativos.

Pronome pessoal

Os pronomes pessoais referem-se às pessoas do discurso, ou seja, aos agentes envolvidos no enunciado, podendo ser a 1ª, a 2ª ou a 3ª pessoa, do singular ou do plural.

  • eu
  • tu/você
  • ele
  • nós
  • vós/vocês
  • eles

Pronome possessivo

Os pronomes possessivos são aqueles que acompanham ou substituem o substantivo, evidenciando a relação de posse entre as pessoas do discurso e objetos.

  • meu/minha
  • teu/tua
  • seu/sua
  • nosso/nossa
  • vosso/vossa

Pronome demonstrativo

Os pronomes demonstrativos marcam a posição espacial de um elemento qualquer em relação às pessoas do discurso. Apresentam formas variáveis de gênero e ou número e não-variáveis.

  • aquele/aqueles/aquela/aquilo
  • este/estes/esta/estas
  • esse/esses/essa/essas/isso

Pronome relativo

Um pronome relativo pode ser variável ou invariável, possui a função de substituir um termo da oração anterior e estabelecer relação entre duas orações. 

  • Cujo/cuja
  • O qual/a qual
  • Os quais/as quais
  • Quem

Pronome indefinido

Os pronomes indefinidos são aqueles que se referem à terceira pessoa do discurso de forma vaga, imprecisa e genérica.

  • alguém
  • algum
  • nenhum
  • todos
  • outro
  • quanto
  • qualquer
  • qual
  • vários

Pronome interrogativo

Os pronomes interrogativos são aqueles que utilizamos nas construções de perguntas diretas ou indiretas. Cada um desses vocábulos possui um valor e um uso específico na construção do enunciado.

  • que
  • quem
  • qual
  • quais
  • quanto
  • quanta
  • quantos
  • quantas

A polêmica do pronome neutro

A linguagem neutra foi criada para quando não se possui interesse em designar um pronome na feminino ou masculino na oração e para fazer referencia a pessoas que não se identificam com o gênero masculino e ou feminino. No entanto, a classificação não faz parte da norma culta da língua portuguesa.

O indivíduo que optar por utilizar o pronome neutro pode fazê-lo em seu dia a dia diante de convenções que não exijam o uso da norma culta, até que decidam incorpora-la ou não na linguística.

Desta forma, não é aconselhado fazer o emprego do pronome neutro em provas, vestibulares e concursos, essencialmente em redações, pois o indivíduo pode prejudicar sua nota final.

Classe gramatical
Classe gramatical: pronomes

Artigo

Artigo é a palavra que antecede o substantivo. Podem ser classificados como definidos e indefinidos.

Artigo definido

  • O
  • Os
  • A
  • As

Artigo indefinido

  • Um
  • Uns
  • Uma
  • Umas

Numeral

Numeral indica a posição ou o número de elementos. São classificados em cardinais, ordinais, multiplicativos, fracionários e coletivos.

Numeral cardinal

O número cardinal é aquele que expressa uma quantidade absoluta.

  • Um 1
  • Dois 2
  • Três 3
  • etc

Numeral ordinal

Indica a ordem ou a série em que determinado número se encontra incluído.

  • Primeiro 1°
  • Segundo 2°
  • Terceiro 3°
  • etc

Numeral multiplicativo

Os numerais multiplicativos indicam o número de vezes pelo qual uma quantidade é multiplicada.

  • dobro
  • triplo
  • quadruplo
  • quíntuplo
  • etc

Numeral Fracionário

Os numerais fracionários expressam diminuições proporcionais de quantidades, divisões ou frações.

  • meio
  • terço
  • quarto
  • quinto
  • etc

Numeral coletivo

Os numerais coletivos são aquelas palavras que designam uma quantidade específica de um conjunto de seres ou objetos

  • dezenas
  • centenas
  • milhares
  • milhões
  • etc

Preposição

Preposição é a palavra que liga dois elementos da oração. São classificadas em preposições essenciais e preposições acidentais.

Preposições essenciais

As preposições essenciais são aquelas que funcionam apenas como preposições:

  • a
  • ante
  • após
  • até
  • com
  • contra
  • de
  • desde
  • em

Preposições acidentais

As preposições acidentais são aquelas palavras de outras classes gramaticais que em certas frases funcionam como preposição

  • afora
  • como
  • conforme
  • durante
  • exceto
  • mediante
  • menos
  • salvo
  • segundo
  • visto

Exemplos de frases com preposição:

  • Entreguei a carta a ele.
  • As portas abrem após as 18h.
  • Isto é para você.

Conjunção

Conjunção é a palavra que liga dois termos ou duas orações de mesmo valor gramatical.

São classificadas em coordenativas e subordinativas.

Conjunções coordenativas

As conjunções coordenativas têm a função de ligar dois termos independentes ou duas orações coordenadas em um mesmo enunciado, estabelecendo uma forma de relação nessa junção. São independentes entre si, podendo ser completamente entendidas quando separadas.

São elas:

  • aditivas (e, nem, mas, também)
  • adversativas (mas, porém, toda via)
  • alternativas (ou, ora, já)
  • conclusivas (logo, portanto, desta forma)
  • explicativas (porque, porquanto, pois)

Conjunções subordinativas

As conjunções subordinativas servem como meio de ligação das orações, estabelecendo uma relação de dependência sintática entre elas. Sua função é unir uma oração principal (independente) a uma outra de nível sintático inferior para que exista um sentido completo entre as sentenças.

São elas:

  • casuais (porque, uma vez que, sendo que)
  • consecutivas (que, sem que, de modo que)
  • comparativas (como, tal qual)
  • conformativas (conforme, segundo)
  • proporcionais (a medida que, a proporção que)
  • finais (a fim de que, para que)
  • temporais (quando, enquanto)

Interjeição

Classe gramatical
Classe gramatical: interjeição

Interjeição é a palavra que exprime emoções e sentimentos. Elas podem ser usadas de forma isolada, sem estar diretamente ligadas a uma estrutura gramatical mais complexa, e têm a função de transmitir uma reação imediata ou enfatizar uma ideia. As interjeições podem variar em intensidade, dependendo do contexto e da entonação utilizada.

Tais quais:

  •  ah!
  • oba!
  • ufa!

Advérbio

Advérbio é a palavra que modifica o verbo, o adjetivo ou outro advérbio, exprimindo circunstâncias de tempo, modo, intensidade, entre outros.

Os advérbios são classificados em: modo, intensidade, lugar, tempo, negação, afirmação e dúvida.

Advérbio de lugar

  • aqui
  • ai
  • ali

Advérbio de modo

  • bem
  • mal
  • depressa
  • melhor
  • pior

Advérbio de intensidade

  • muito
  • pouco
  • bastante
  • demais

Advérbio de tempo

  • amanhã
  • ontem
  • depois
  • cedo
  • tarde

Advérbio de negação

  • nem
  • nenhum
  • nunca mais

Advérbio de afirmação

  • sem duvida
  • com certeza
  • de fato

Advérbio de dúvida

  • quem sabe
  • talvez

FAQ – Perguntas frequentes

O que são classes gramaticais?

A classe gramatical ou, também chama de classe de palavras, é o estudo da morfologia dentro da Língua Portuguesa. Podemos dizer que, trata-se da classificação das palavras, segundo a sua distribuição sintática e morfológica. As classes gramaticais são dez, sendo elas: substantivo, verbo, adjetivo, pronome, artigo, numeral, preposição, conjunção, interjeição e advérbio.

O que é substantivo?

O substantivo ou nome é a classe gramatical da qual se designam ou se nomeiam os seres. É a palavra que serve, de modo primário, como núcleo de sujeito, do objeto direto, do objeto indireto e do agente da passiva. O substantivo nomeia os seres de forma geral, sendo eles objetos, fenômenos, lugares, qualidades, ações, etc.

O que são verbos?

Verbos são as palavras que indicam ações, estado ou fenômenos da natureza. Por exemplo:
Sairemos mesmo com chuva.
Corro contra o tempo todos os dias.
Esta ventando muito na praia.
Os verbos são classificados em: regulares, irregulares, defectivos e abundantes.

O que são adjetivos?

Adjetivo é a palavra que atribui qualidades aos substantivos, tais como: feliz, superinteressante, amável.
Exemplos de frases com adjetivo:
A moça ficou feliz ao receber o presente.
O artigo ficou surpreendentemente superinteressante.
Você sempre foi uma pessoa amigável.

O que são pronomes?

Pronome é a palavra que substitui ou acompanha o substantivo, indicando a relação das pessoas do discurso, tais como: eu, contigo, aquele.
Exemplos de frases com pronome:
Eu aposto como ele vem.
Contigo vou até a Lua.
Aquele tipo não me sai da cabeça.
Há vários tipos de pronomes: pessoais, possessivos, demonstrativos, relativos, indefinidos e interrogativos.

O que são artigos?

Artigo é a palavra que antecede o substantivo. Podem ser classificados como definidos e indefinidos.

O que são numerais?

Numeral indica a posição ou o número de elementos. São classificados em cardinais, ordinais, multiplicativos, fracionários e coletivos.

O que são preposições?

Preposição é a palavra que liga dois elementos da oração. São classificadas em preposições essenciais e preposições acidentais.

O que são conjunções?

Conjunção é a palavra que liga dois termos ou duas orações de mesmo valor gramatical.
São classificadas em coordenativas e subordinativas.

O que são interjeições?

Interjeição é a palavra que exprime emoções e sentimentos.
Tais quais:
 ah!
ufa!
oba!

O que são advérbios?

Advérbio é a palavra que modifica o verbo, o adjetivo ou outro advérbio, exprimindo circunstâncias de tempo, modo, intensidade, entre outros.
Os advérbios são classificados em: modo, intensidade, lugar, tempo, negação, afirmação e dúvida.

Se gostou do conteúdo, não deixe de compartilhar as classes gramaticais e nos seguir nas redes sociais. Fale conosco nos comentários e diga oque achou dessa matéria e aproveite para ler mais notícias e estudar, como por exemplo, como fazer Redação Dissertativa Argumentativa, no nosso site.

Deixe um comentário