Diferenças entre Realismo e Naturalismo? Tudo sobre as Escolas Literárias

Apesar de serem dois movimentos literários separados, mas intimamente ligados, as diferenças entre o realismo e naturalismo são bastante visíveis.

Ambos começaram no século XIX e retratam personagens e cenários como eles realmente existiram e se concentram nos aspectos biológicos, sociais e econômicos. Ambos procuram representar a vida real.

O realismo e o naturalismo na literatura nasceram como reações ao movimento do Romantismo, que geralmente era escrita em um estilo melodramático que jogava com as emoções do leitor.

Histórias Românticas frequentemente envolviam o sobrenatural e como escapismo para o leitor, em vez de retratar elementos com os quais eles poderiam se identificar em suas próprias experiências vividas.

Vamos falar sobre as diferenças entre realismo e naturalismo, e se você tiver dúvidas, é só deixar nos comentários.

Naturalismo: Sub-Gênero do Realismo

O naturalismo veio do realismo e às vezes é considerado um sub-gênero de realismo. No entanto, existem algumas diferenças importantes entre os dois gêneros. Assim como o realismo, a ficção naturalista tende a se concentrar na vida dos personagens mais pobres, e suas vidas e condições de vida são retratadas de forma totalmente realista.

Veja mais sobre as Diferenças entre Realismo e Naturalismo no vídeo

Eles não enfeitam os personagens que não são transformados em heróis. No entanto, enquanto os romances realistas geralmente apresentam personagens de classe média, muitas vezes contando as histórias de seus pontos de vista, o naturalismo tende a se concentrar apenas em personagens pobres ou da classe trabalhadora.

Na literatura realista, os personagens geralmente são apresentados como tendo escolhas e tendo que resolver seus próprios problemas. O naturalismo tira esse elemento de controle dos personagens e os apresenta como sendo totalmente influenciados pela natureza, bem como pelas condições sociais, morais e econômicas de suas vidas.

Embora o realismo geralmente sugira que a sociedade poderia melhorar, o naturalismo não adota essa visão – o destino dos personagens é moldado por seus antecedentes. A ficção naturalista tende a ser pessimista em sua perspectiva.

A outra diferença principal entre realismo e naturalismo na literatura é que o naturalismo é mais extremo. Os romances naturalistas costumam retratar a violência e outros temas considerados tabus na época, como o desejo físico. O movimento naturalista foi fortemente influenciado por Charles Darwin.

Os autores queriam aplicar as teorias científicas de Darwin à literatura. Como resultado, os personagens da ficção naturalista são moldados por sua biologia e seus ambientes, e a luta pela sobrevivência é um tema recorrente. Assim, o naturalismo:

  • Concentra-se quase inteiramente em personagens da classe trabalhadora;
  • Usa teorias científicas darwinianas, como a sobrevivência do mais apto;
  • Apresenta personagens como sendo controlados por suas circunstâncias biológicas, econômicas e ambientais;
  • Tem uma visão pessimista da sociedade.

Apontando diferenças

Quando se trata de apontar as diferenças entre Naturalismo e Realismo, precisamos olhar para o assunto que foi amplamente focado em cada movimento para entender melhor o objetivo do artista e suas intenções ao criar o trabalho. Veja uma tabela comparativa:

RealismoNaturalismo
O realismo é um movimento literário caracterizado pela representação da vida realO naturalismo é uma consequência do realismo literário, influenciado por teorias científicas
O realismo retratava a vida cotidiana das pessoas comunsO naturalismo retratou como o ambiente, a hereditariedade e as condições sociais controlam o ser humano
O realismo retratou personagens de classe médiaNaturalismo retratou personagens de classe baixa
Romances realistas usavam temas como sociedade, classe social, mobilidade, etc.Romances de naturalismo foram escritos sobre temas de violência, pobreza, corrupção, prostituição, etc.

Ao contrário do Romantismo e do Impressionismo, essas eras e estilos mais recentes que agora conhecemos como o realismo e o naturalismo apresentavam pinturas que frequentemente retratavam assuntos considerados bonitos e agradáveis de se olhar para os espectadores.

Era incomum para os escritores e artistas durante os movimentos anteriores ao naturalismo ou realismo focar nas pessoas em seu estado natural. Esses trabalhos geralmente incluíam retratar pessoas enquanto trabalhavam nos campos, ou até mesmo se arrastar para dentro de algumas das fábricas e centros industriais que surgiram na maioria das grandes cidades em meados do século XIX.

Assim, suas obras costumam ser mais sombrias e pessimistas, retratando personagens que são moldados pelas forças que os rodeiam e que muitas vezes são vítimas do destino. Em termos de estilo, o naturalismo tende a ser mais descritivo e detalhista do que o realismo, e muitas vezes inclui passagens que exploram a psicologia e a fisiologia dos personagens de maneira científica.

O realismo, por outro lado, foi um movimento que se concentrou tanto no mundo ao seu redor quanto o naturalismo, mas os artistas que eram considerados artistas do realismo optaram por retratar o mundo como realmente o viam no dia-a-dia.

Os autores realistas tendem a se concentrar em personagens do cotidiano, descrevendo suas vidas com detalhes minuciosos e observando suas interações sociais de maneira crítica e analítica. Em termos de estilo, o realismo tende a ser sóbrio e conciso, evitando ornamentos ou floreios desnecessários.

Temas das obras

Em muitos casos, criariam obras que apresentavam pessoas sem fazer nada de significativo (alguns casos, apenas narrando a ação, sem fazer parte dela), ou mesmo engajadas em trabalho árduo e árduo, essencial para a sobrevivência da maioria das pessoas fora das grandes cidades que viviam em áreas rurais.

Isso teria sido visto pelos românticos e dos impressionistas como algo que não é digno de um artista magistral que dedicasse tempo, mas para aqueles engajados no realismo buscavam cenas como essa para dar aos espectadores um verdadeiro vislumbre do mundo ao seu redor sem enfeites.

O realismo foi um movimento que mostrou aos indivíduos abastados e citadinos da época como era a vida daqueles que eram mais ou menos considerados camponeses e eram forçados a trabalhar duro todos os dias para sobreviver, principalmente no contexto da Revolução Industrial.

Os artistas do realismo viram uma sensação de nobreza em comunicar essas verdades ao resto do mundo e, graças a eles, agora temos registros altamente precisos de como era a vida dos europeus rurais de classe baixa durante o século XIX.

Os estilos de realismo e naturalismo compartilham algumas semelhanças, mas entender as diferenças entre os dois nos ajuda a ter uma nova apreciação de cada movimento. Esses movimentos começaram durante uma época em que o mundo estava mudando rapidamente e cada pintura de ambos os estilos ajuda a nos dar uma maior sensação de apreciação de nosso próprio estado de ser.

Diferenças entre Realismo e Naturalismo no Brasil

Pegando duas das mais importantes obras do realismo e naturalismo brasileiro, “O Cortiço”, de Aluísio de Azevedo, e “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, de Machado de Assis, podemos traçar as diferenças entre as duas escolas. “O Cortiço” e “Memórias Póstumas de Brás Cubas” contrastam, principalmente, em relação à sua abordagem social e estilo narrativo.

"o cortiço" e "memórias póstumas de brás cubas"
“O Cortiço” e “Memórias Póstumas de Brás Cubas”

Em “O Cortiço”, Aluísio Azevedo retrata a vida nos cortiços do Rio de Janeiro, destacando as condições degradantes em que os personagens vivem. O autor descreve minuciosamente a realidade social da época, explorando questões como a pobreza, a exploração, as relações familiares complexas e os conflitos entre os moradores do cortiço. Azevedo adota um estilo descritivo e detalhado para enfatizar a brutalidade e a crueza da vida naquele ambiente.

Por outro lado, “Memórias Póstumas de Brás Cubas” de Machado de Assis aborda a sociedade brasileira do século XIX por meio das reflexões do protagonista, Brás Cubas. A obra apresenta uma visão crítica e irônica sobre as convenções sociais, a política e a condição humana. Machado de Assis explora o interior do personagem, suas memórias e pensamentos, utilizando uma narrativa subjetiva e reflexiva. O estilo da obra é caracterizado por uma linguagem sofisticada, com doses de humor e ironia, e uma estrutura narrativa não linear.

Essas diferenças nas abordagens e estilos refletem a maneira como os autores exploram os temas do realismo e naturalismo. Enquanto “O Cortiço” enfoca a realidade social em um ambiente específico, com descrições detalhadas, “Memórias Póstumas de Brás Cubas” adota uma perspectiva mais introspectiva e filosófica, questionando as normas sociais e as convenções da época.

FAQ Rápido

Qual a Diferença entre Realismo e Naturalismo?

O realismo tende a ser mais sóbrio e conciso, mostrando os personagens em situações do cotidiano, enquanto o naturalismo pode adotar um tom mais sombrio e pessimista e enfatiza as influências biológicas, sociais e ambientais na formação dos personagens.

Como o realismo e o naturalismo abordam a influência do ambiente nas obras literárias?

O realismo considera o ambiente social como um fator importante, enquanto o naturalismo enfatiza também os aspectos biológicos e físicos do ambiente na formação dos personagens.

Como o realismo e o naturalismo divergem em relação à visão sobre a liberdade humana?

O realismo enfoca as escolhas e ações individuais dos personagens como influências significativas em suas vidas, enquanto o naturalismo sugere que os seres humanos são em grande parte determinados por forças biológicas, sociais e ambientais, limitando sua liberdade.

Como o realismo e o naturalismo se distinguem em termos de perspectiva moral e ética nas obras literárias?

O realismo geralmente apresenta uma perspectiva moral e ética mais convencional, refletindo os valores e normas sociais da época, enquanto o naturalismo pode desafiar ou questionar esses valores, apresentando uma visão mais determinista e pessimista da condição humana.

Fale conosco nos comentários e diga oque achou dessa matéria e aproveite para ler mais notícias e estudar, como por exemplo, sobre Gêneros Literários, no nosso site.

Deixe um comentário