ENEM 2023: Saiba como Estudar para o Exame Nacional

O Exame Nacional do Ensino Médio (site oficial) é o exame mais importante para quem deseja ingressar em uma universidade brasileira.

Todos os anos, milhões de alunos se inscrevem para tentar ter uma boa colocação no exame e se inscrever em programas de auxilio como o SISU, FIES e o ProUni, e conseguir ingressar em uma universidade com descontos na mensalidade ou gratuitamente graças a uma boa nota no Enem 2023.

Mas, para conseguir uma boa colocação, é necessário se preparar bem para o exame. Isso significa que é importante saber o que vai cair no ENEM para que o aluno possa se preparar da melhor maneira possível.

Vamos falar um pouco sobre a prova do ENEM 2023 e como você deve se preparar. Se ficar com dúvidas, é só deixar nos comentários.

O Que é a Prova do ENEM?

O ENEM é um exame realizado anualmente pelo Ministério da Educação (MEC) para avaliar o nível de conhecimento dos alunos que concluíram o ensino médio. O exame é dividido em duas partes: uma parte objetiva, que consiste em questões de múltipla escolha, e uma parte dissertativa, que consiste em uma redação com um tema definido pelo exame com base em atualidade ou temas relevantes. A nota obtida no exame é usada para determinar a colocação dos alunos em universidades brasileiras.

Além disso, a prova do ENEM também é usado para determinar quem terá direito a bolsas de estudo, financiamento estudantil e outros benefícios. Os graduados do Ensino Médio que desejam estudar em uma universidade no Brasil são elegíveis para o ENEM. Geralmente qualquer pessoa pode fazer o exame do ENEM para testar suas habilidades e conhecimentos. Veja as datas do Enem 2023:

Datas Enem 2023
InscriçõesDe 5 a 16 de junho
Atendimento Especializado e Tratamento pelo Nome SocialDe 5 a 16 de junho
Pedidos de isençãoDe 17 a 28 de abril
Resultado dos pedidos de isenção8 de maio
Recursos dos pedidos de isençãoDe 8 de maio a 12 de maio
Resultado final da isenção19 de maio
Aplicação das provas5 e 12 de novembro
Divulgação dos gabaritos24 de novembro
Resultado16 de janeiro de 2024

Deixe seu contato e embarque na jornada rumo ao sucesso. Juntos, vamos conquistar grandes resultados! Preencha o formulário agora e faça parte da equipe vencedora!

O Que Cai no ENEM?

O exame da prova do ENEM é composto por 180 questões de múltipla escolha e avalia os alunos em cinco áreas principais, a saber: ciências naturais, matemática, ciências humanas, português e inglês ou espanhol como língua estrangeira. Os alunos também são obrigados a escrever um ensaio. No que diz respeito às questões de múltipla escolha, elas abrangem assuntos como história, geografia, biologia, química, física, português, literatura, inglês, línguas estrangeiras, matemática, informática e educação física.

Além das questões de múltipla escolha, a prova do ENEM também conta com uma redação, que é uma dissertação sobre um tema específico. O tema da redação é divulgado no dia da prova e os alunos têm quatro horas para escrever sua dissertação.

A prova do ENEM é composta por 4 provas objetivas, cada uma contendo 45 questões de múltipla escolha e uma redação. No total, são 180 questões de múltipla escolha divididas igualmente em 4 áreas do conhecimento – linguagens, códigos e tecnologias afins e redação, ciências humanas e tecnologias afins, matemática e suas tecnologias e ciências naturais e tecnologias afins.

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: abrangendo os conteúdos de Língua Portuguesa (Gramática e Compreensão Leitora), Língua Estrangeira Moderna, Literatura, Artes, Educação Física, Informática e Comunicação
  • Matemática e suas tecnologias: inclui matemática e geometria
  • Ciências e Tecnologias Naturais: Inclui os conteúdos de Química, Física e Biologia
  • Humanidades/Ciências e Tecnologias Humanas: Inclui os conteúdos de Geografia, História, Filosofia, Sociologia e Conhecimentos Gerais

Se quiser saber mais, pode consultar nossa matéria sobre os assuntos que mais caem no Enem e ficar pronto para estudar e gabaritar a prova.

Correção da Prova

Cartão resposta do enem
Cartão Resposta do Enem

O exame é corrigido por dois especialistas de forma independente. Cada especialista atribui uma nota de 0 a 200 pontos para cada uma das cinco áreas do conhecimento, totalizando 1.000 pontos. A nota final corresponde à média aritmética simples das notas atribuídas pelos dois especialistas.

Se houver diferença de 100 ou mais pontos entre as duas notas de superfície em uma escala de 0 a 1000 ou se a divergência for maior que 80 pontos em uma escala de 0 a 200, nesse caso, a redação passará por uma terceira correção.

Como se Preparar para o ENEM?

A melhor maneira de se preparar para e saber o que vai cair no ENEM é começar a estudar com antecedência. Os alunos devem estudar todas as áreas da prova, bem como fazer exercícios e simulados para se familiarizar com o formato da prova. Além disso, os alunos também devem ler jornais, livros, revistas e outros materiais para se manterem atualizados sobre os assuntos que podem cair no ENEM. Eles também devem praticar redação para se familiarizar com o formato da redação do ENEM.

O ENEM acontece em 2 dias do ano, em um final de semana, sábado e domingo. Primeiro dia são contempladas na provas as áreas do conhecimento, Humanidades/ciências humanas e suas tecnologias e ciências naturais e suas tecnologias. Ambos os testes compreendem 90 questões (45 questões em cada área do conhecimento) e a duração da prova é de 4 horas e 30 minutos.

Os portões dos locais de prova serão fechados às 13h, com início da prova às 13h30 (horário de Brasília). O intervalo entre a entrada dos participantes e o início das provas é para medidas de higiene e procedimentos de segurança. Os participantes devem trazer documento de identidade e caneta de tinta preta para as provas. Também é recomendável levar o cartão de inscrição para ajudar na identificação da sala de prova.

No segundo dia, são abordadas as áreas do Conhecimento Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Matemática, Código e suas tecnologias. Um total de 90 questões (45 questões em cada área do conhecimento) devem ser respondidas, além de um item Obrigatório: Uma Redação com um tema predefinido e divulgado antes da prova. A duração da prova é de 5 horas e 30 minutos.

Se quiser fazer um simulado para o Enem, você pode ver esse do site Brasil Escola, ou se quiser, temos uma matéria sobre simulados para o Enem no nosso site.

Como se Inscrever para o Enem?

Você pode se inscrever para o exame da prova do ENEM através do site do INEP. Preencha todas as informações pessoais necessárias. Uma vez registado com sucesso, é enviado um cartão de confirmação por correio para a morada que indicou durante o registo. Caso o requerente precise de algum cuidado especial ou atendimento para PcD, nesse caso, deverá mencioná-lo no ato do próprio registo na opção “Pedido de Atendimento Especializado” com a devida documentação.

Cartão de Confirmação – O cartão de confirmação inclui o número de inscrição do candidato, data, hora, centro de exame, opção de idioma estrangeiro (espanhol ou inglês) e o pedido de certificação (se houver). Você também pode obter seu cartão de confirmação através do site do INEP. As taxas de registro variam, então verifique o site oficial. Além disso, são dadas isenções nas taxas. Após o pagamento das taxas exigidas, o comprovante de inscrição estará disponível no site do INEP.

Isenção da Taxa

A isenção da taxa de inscrição no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) é um benefício oferecido a determinados grupos de estudantes que atendem a critérios específicos. As informações a seguir são válidas com base no conhecimento até setembro de 2021, e é importante verificar as orientações e atualizações oficiais do Ministério da Educação (MEC) para obter informações atualizadas.

Para solicitar a isenção da taxa de inscrição no Enem, normalmente é necessário cumprir um ou mais dos seguintes critérios:

  1. Estudantes de escolas da rede pública: Alunos que estão concluindo o ensino médio em escolas públicas ou que tenham concluído em anos anteriores, incluindo aqueles que fizeram o Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos).
  2. Situação socioeconômica: Candidatos que sejam membros de famílias de baixa renda, de acordo com os critérios estabelecidos pelo Governo Federal. Essa análise é realizada com base nas informações socioeconômicas fornecidas pelo estudante.
  3. Participantes do CadÚnico: Indivíduos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com informações atualizadas e válidas.

Geralmente, o processo de solicitação de isenção da taxa ocorre durante um período determinado, estabelecido pelo MEC. Os estudantes elegíveis devem acessar o site oficial do Enem, realizar sua inscrição e indicar que desejam solicitar a isenção da taxa. Durante o processo de inscrição, serão solicitadas informações e documentos que comprovem o atendimento aos critérios estabelecidos.

É importante ressaltar que o processo de isenção está sujeito a análise e verificação por parte do MEC. Caso a solicitação seja negada, o candidato pode optar por pagar a taxa de inscrição dentro do prazo estipulado.

É fundamental acompanhar as informações oficiais divulgadas pelo MEC para obter as orientações e atualizações mais recentes sobre a isenção da taxa de inscrição no Enem, uma vez que os critérios e procedimentos podem ser atualizados a cada edição do exame.

Estudar no Exterior com o ENEM? É possível também!

Muitas universidades estrangeiras reconhecem a nota do ENEM de diferentes formas Aplicação dos alunos brasileiros. Dentre os países que aceitam a utilização do ENEM, podemos citar: Estados Unidos, Portugal, Inglaterra, Irlanda e Polônia.

Por exemplo, a New York University tem a Temple University. São as duas instituições norte-americanas que aceitam o exame. No entanto, lembre-se de que a nota do ENEM é usada apenas como parte de sua inscrição e não é suficiente para o reconhecimento. Portanto, redações (que podem ser usadas com muitos outros elementos importantes) e as notas da sua carreira escolar também são levadas em conta.

Na Europa, mais de trinta universidades portuguesas aceitam a prova do ENEM. No entanto, é importante observar que você deve ter feito o exame há mais de 3 anos para ingressar na instituição. Lembre-se, se você quiser usar a nota do ENEM para se candidatar, além da sua cidadania brasileira ou europeia, você deve abrir mão dos direitos que ela lhe dá na universidade. Isso porque o ENEM não poderia ser utilizado por instituições portuguesas para se candidatar como cidadão da União Europeia.

Existem várias instituições também na Inglaterra que aceitam a nota do ENEM. Dentre elas, podemos citar: University of Bristol, Kingston University e University of Oxford. Tenha em mente, no entanto, que as faculdades de inglês também estão solicitando o Achievement of Local Entrance Examination. Além disso, devemos ressaltar que a nota do ENEM não é suficiente para ser aceito nessas instituições: nota de proficiência em inglês, histórico acadêmico e outros aspectos como atividades extracurriculares podem acompanhar.

Algumas universidades na Irlanda aceitam a nota do ENEM. No entanto, cabe ressaltar que existem critérios específicos para as instituições daquele país utilizarem a nota do exame. Na University College Cork, por exemplo, você deve ter concluído seu primeiro ano em uma universidade e obtido uma média de pelo menos 7.

A pontuação do ENEM pode ser usada no processo de inscrição para universidades polonesas. A Universidade Jagiolonian, por exemplo, é uma das instituições que podem utilizar o exame como parte da candidatura a cursos de graduação. Vale ressaltar que sua nota do ENEM será avaliada com critérios como notas do ensino médio, atividades extracurriculares e nota de proficiência em inglês.

FAQ Rápido

Qual é o objetivo do ENEM?

O objetivo do ENEM é avaliar o nível de conhecimento dos alunos que concluíram o ensino médio. A nota obtida no exame é usada para determinar a colocação dos alunos em universidades brasileiras.

Qual é o formato do ENEM?

O ENEM é dividido em duas partes: uma parte objetiva, que consiste em questões de múltipla escolha, e uma parte dissertativa, que consiste em redação.

O que vai cair no ENEM?

A prova do ENEM é composta por questões de múltipla escolha que são divididas em cinco áreas: ciências humanas, ciências da natureza, linguagens, códigos e suas tecnologias, matemática e redação.

Como se preparar para o ENEM?

A melhor maneira de se preparar para a prova do ENEM é começar a estudar com antecedência. Os alunos devem estudar todas as áreas da prova, bem como fazer exercícios e simulados para se familiarizar com o formato da prova. Além disso, os alunos também devem ler jornais, livros, revistas e outros materiais para se manterem atualizados sobre os assuntos que podem cair no ENEM.

Quais são as áreas abordadas no ENEM?

As áreas abordadas no ENEM são ciências humanas, ciências da natureza, linguagens, códigos e suas tecnologias, matemática e redação.

Fale conosco nos comentários e diga oque achou dessa matéria e aproveite para ler mais e estudar, sobre por exemplo, os assuntos que mais caem no Enem, no nosso site.

Deixe um comentário