Figuras de Linguagem: O que São e Suas Principais Definições e Exemplos

As figuras de linguagem, ou palavras da língua têm um sentido literal ou denotativo, que se trata das acepções registradas em dicionários, do verdadeiro significado das palavras. No dicionário a palavra flor é um termo especializado em botânica, usado para a designação de uma estrutura reprodutiva das angiospermas.

Mas se um homem diz a mulher que ela ”é uma flor”, ele está se referindo às características da flor (beleza, delicadeza ou cheiro) da moça. Nesse sentido chamamos de sentido figurado ou conotativo da palavra.

Algumas figuras de linguagem, como metáfora, símile e metonímia, são encontradas na linguagem cotidiana. Outros, como antítese, circunlocução e trocadilhos, exigem mais prática para serem implementados por escrito. Abaixo estão algumas figuras de linguagem comuns com exemplos, para que você possa reconhecê-las e usá-las em sua escrita. Vamos falar sobre esse conceito da língua portuguesa e, se você ficar com dúvidas, é só deixar aí nos comentários.

O que é uma Figura de Linguagem

A linguagem que usa figuras de linguagem é conhecida coletivamente como linguagem figurativa. Você encontrará exemplos de linguagem figurada em romances, poemas, ensaios e peças de teatro. O oposto da linguagem figurativa é a linguagem literal. A linguagem literal é o tipo de escrita direta que você encontrará em sinais de trânsito, em memorandos de escritório e em trabalhos de pesquisa. Dependendo da sua função, elas são classificadas em:

Figuras de linguagem
Figuras de Linguagem
  • Figuras de palavras: que estão associadas ao significado das palavras. Podemos citar como exemplo: metáfora, comparação, metonímia, catacrese, sinestesia e perífrase.
  • Figuras de pensamento: trabalham com a combinação de ideias e pensamentos. São exemplos: hipérbole, eufemismo, litote, ironia, personificação, antítese, paradoxo, gradação e apóstrofe.
  • Figuras de sintaxe: elas interferem na estrutura gramatical da frase. Exemplos: elipse, zeugma, hipérbato, polissíndeto, assíndeto, anacoluto, pleonasmo, silepse e anáfora.
  • Figuras de som ou harmonia: por sua vez, estão associadas à sonoridade das palavras. Exemplos: aliteração, paronomásia, assonância e onomatopeia.

Figuras de Linguagem de Palavras

A linguagem figurativa é frequentemente associada à literatura e à poesia em particular. Quer estejamos conscientes disso ou não, usamos figuras de linguagem todos os dias em nossa própria escrita e conversas.

Por exemplo, expressões comuns como “apaixonar-se”, “quebrar a cabeça” e “subir a escada do sucesso” são todas metáforas — a figura mais difundida de todas. Da mesma forma, contamos com símiles ao fazer comparações explícitas (“leve como uma pena”) e hipérbole para enfatizar um ponto (“estou morrendo de fome!”).

Metáfora
Uma metáfora (Crédito na imagem)
Figura de LinguagemDefiniçãoExemplo
ComparaçãoOcorre a comparação quando se estabelece aproximação entre dois elementos que se identificam. Ligando-se por nexos comparativos explícitos“E flutuou no ar como se fosse um príncipe.” ( Chico Buarque)
MetáforaUtilizar essa figuras de linguagem quando há o emprego de um termo com significado diferente do habitual. Na metáfora ocorre uma relação de comparação em que o conectivo ou a partícula comparativa fica subentendida.“Meu pensamento é um rio subterrâneo”. (Fernando Pessoa)
CatacreseÉ a falta de um termo específico para designar um conceito, toma-se outro por empréstimo.Ele comprou dois dentes de alho para colocar no lanche.
MetonímiaÉ um tipo de figuras de linguagem que o uso de uma palavra fora do seu contexto semântico normal, por ter uma significação que tenha relação objetiva, de contiguidade, material ou conceitual, com o conteúdo ou o referente ocasionalmente pensado.Vou ao barbeiro uma vez por mês. (Vou à barbearia uma vez por mês.)
AntonomásiaQuando designamos uma pessoa pelos seus atributos ou por referências a circunstâncias em que se envolveu.A cidade das luzes (em vez de Paris)
SinestesiaSensações percebidas por diferentes órgãos sensoriais.Um doce abraço ele recebeu da irmã. (sensação gustativa – paladar)
Prosopopeia ou personificaçãoAto de atribuir a seres inanimados características próprias dos seres humanos.A Amazônia sente e chora devido ao desmatamento.
PerífraseA substituição de uma ou mais palavras pro outra que a identifiqueO rugido do Rei da Selva é feroz (ao invés de leão)

Figuras de Pensamento

Figuras de linguagem - enem, figuras de linguagem, gramática, português - figuras de linguagem: o que são e suas principais definições e exemplos - eufemismo o que e - língua portuguesa, gramática
Eufemismo

As figuras de pensamento são usadas para tornar os textos mais bonitos ou expressivos através da utilização de ideias e pensamentos.

Um método de apresentar ideias, sentimentos ou conceitos de forma artística. O método de apresentação é diferente do que uma pessoa pode considerar “comum”.

Uma figura de pensamento geralmente faz algumas conexões com o senso de lógica ou emoções de uma pessoa. Implica mais do que realmente é dito, forçando o ouvinte ou leitor a buscar significado em sua própria experiência e cultura.

Figura de LinguagemDefiniçãoExemplo
LitoteO litote representa uma forma de suavizar uma ideia. Neste sentido, assemelha-se ao eufemismo, bem como é a oposição da hipérbole.Ele não é nada bom naquele assunto (ao invés de dizer que é ruim)
IroniaÉ quando se afirmar o contrário do que realmente se pensa.Que pessoa educada! Entrou sem cumprimentar ninguém.
EufemismoConsiste em atenuar um pensamento desagradável ou chocante. Tornar um enunciado mais brando ou agradável.O menino sempre faltava com a verdade (ao invés de dizer mentia)
HipérboleÉ uma figuras de linguagem que se refere ao ato de exagerar uma ideia com finalidade enfática.Não vejo você há séculos!
PersonificaçãoA personificação ou prosopopeia é a atribuição de qualidades e sentimentos humanos a objetos ou aos seres irracionais.O dia acordou feliz para ele
AntíteseÉ o emprego de palavras ou expressões de significados contrários ou opostos. Não deve ser confundido com paradoxo, outro recurso que usa ideias opostas no discurso.“Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura” (ditado popular)
ParadoxoConsiste no uso de palavras de sentidos opostos.“Já estou cheio de me sentir vazio”. (Renato Russo)
GradaçãoA gradação é a apresentação de ideias que progridem de forma crescente (clímax) ou decrescente (anticlímax).Eu gritava, berrava, explodia os pulmões, até que parei, falei, sussurei e, por fim, me calei
ApóstrofeA apóstrofe é a interpelação feita com ênfase.Oh, meu Deus! Ele vai me matar!

Figuras de Construção ou Sintaxe

É tipo de figura de linguagem onde ocorrem quando desejamos fazer alterações intencionais das estruturas sintáticas dos enunciados com o objetivo de atribuir maior expressividade ao seu significado. Eles geralmente alcançam seus efeitos utilizando a repetição de palavras, frases ou sons; omissão de palavras ou pontuação; mudanças inesperadas na ordem das palavras; ou estruturas gramaticais idênticas emparelhadas.

Pleonasmo
Pleonasmo (Fonte: Pinterest)
Figura de LinguagemDefiniçãoExemplo
ElipseÉ a omissão de um ou mais termos em uma oração, termo facilmente identificável pelo contexto.As focas acasalam em maio; as baleias, em agosto. (As baleias acasalam em agosto.)
ZeugmaÉ uma forma de elipse, ocorre quando o termo omitido já havia sido mencionado anteriormente.Mariana gosta de sorvete; eu, de chocolate meio amargo.
PleonasmoÉ uma redundância cujo objetivo é reforçar a mensagem.E rir meu riso e derramar meu pranto….” (Vinicius de Moraes)
Assíndeto x PolissíndetoA figuras de linguagem Assíndeto seria a supressão de um conectivo entre elementos coordenados. E a figura de linguagem do Polissíndeto trata-se da coordenação de vários termos da oração, sobretudo por meio das conjunções aditivas ‘e’, ‘nem’, ‘mas’.…e planta, e colhe, e mata, e vive, e morre…” (Clarice Lispector) = polissíndeto
AnacolutoÉ a figuras de linguagem que consiste em deixar um termo solto na frase, sofre uma mudança da construção sintática resultando no desligamento entre o início e o restante do(s) período(s). Os termos não se ligam sintaticamente à oração.Eu, que me chamava de amor e minha esperança de amor.
AnáforaConsiste na repetição da mesma palavra ou expressão no início de várias orações, períodos ou versos.Tudo é silêncio, tudo calma, tudo mudez.” (Olavo Bilac)
HipérbatoAlteração da ordem direta da frase.“Com você a força esteja” (Mestre Yoda)
SilepseA concordância das palavras na frase se faz logicamente, pelo significado, e não de acordo com as regras gramaticais.Muita gente aqui, pelo que dizem, não sabem se portar em público.

Figuras de Som ou Sonoras

Figuras de linguagem - enem, figuras de linguagem, gramática, português - figuras de linguagem: o que são e suas principais definições e exemplos - onomatopeia 1200x675 1 - língua portuguesa, gramática
Onomatopeias

Uma figura de linguagem que se baseia principalmente no som de uma palavra ou frase (ou na repetição de sons) para transmitir um efeito específico é conhecida como figura de som.

Embora as figuras de som sejam frequentemente encontradas na poesia, elas também podem ser usadas efetivamente na prosa. Figuras comuns de som incluem aliteração, assonância, consonância, onomatopeia e rima.

Figura de LinguagemDefiniçãoExemplo
AliteraçãoConsiste na repetição ordenada de mesmos sons consonantais.“Boi bem bravo, bate baixo, bota baba, boi berrando…”. (Guimarães Rosa)
AssonânciaOcorre quando há repetição de sons vocálicos.“Juro que não acreditei eu te estranhei / Me debrucei sobre teu corpo e duvidei” (Chico Buarque)
OnomatopeiaSão figuras de linguagem que representa a imitação de sons e ruídos.O tic-tac do relógio era insuportável.
ParonomásiaParonomásia é a repetição de palavras cujos sons são parecidos.O peão jogava pião para ser colegas
RimaRepetições de sons vocais ou consonantais (ou os dois combinados) que acontecem em intervalos regulares dentro de um texto.“De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.”
(Vinícios de Moraes)

Agora, teste seus conhecimentos com nosso Quiz sobre as Figuras de Linguagem

Figuras de Linguagem

Figuras de linguagem - enem, figuras de linguagem, gramática, português - figuras de linguagem: o que são e suas principais definições e exemplos - língua portuguesa, gramática

FAQ Rápido

O Que É Figura De Linguagem?

Figuras de Linguagem, também são chamadas de figuras de estilo, são recursos estilísticos usados para dar maior ênfase à comunicação, a fim de torná-la mais bonita.

Como identificar a figura de linguagem?

Uma figura de linguagem é uma palavra ou frase que possui um significado separado de seu significado literal. Pode ser uma metáfora ou um símile, projetado para fazer uma comparação. Pode ser a repetição da aliteração ou o exagero da hipérbole para dar um efeito dramático.

A ironia é uma figura de linguagem?

Sim! A ironia é um dos artifícios literários mais conhecidos, sendo utilizada para expressar uma emoção forte ou levantar uma questão. Falando mais sobre isso, a ironia se refere ao uso de palavras para transmitir um significado oposto ao que é dito.

Como você usa a figura de linguagem em uma frase?

As figuras de linguagem são utilizadas nas frases conforme a necessidade do seu uso em uma sentença. Se você deseja enfatizar alguma coisa, então uma hipérbole deve ser utilizada. Se quer que seu personagem fale algo debochado ou sarcástico, então você deve usar a ironia como recurso.

Fale conosco nos comentários e diga oque achou dessa matéria e aproveite para ler mais notícias e estudar, como por exemplo, essas dicas de redação e gêneros textuais, no nosso site.

Deixe um comentário