Primeira Guerra Mundial: Saiba os antecedentes, fases e as consequências

 A Primeira Guerra Mundial foi um conflito de escala global que ocorreu entre 1914 a 1918 na Europa. Um conflito de grandes proporções decorrentes de vários fatores que levaram 10 (dez) milhões de mortos.

O século XIX foi marcado por um avanço científico, cultural e tecnológico jamais visto. A humanidade foi capaz de produzir conhecimento, principalmente, na medicina e salvar muitas vidas. Em contrapartida, o homem avançou na área militar, granadas, diversidade de armas, aviões etc.

Até a eclosão da Segunda Guerra Mundial, a Primeira Guerra Mundial era chamada de ‘ A Grande Guerra’, porque os homens daquela época acreditavam que seria a única.

Quais os antecedentes da Primeira Guerra Mundial ?

Belle Époque –  Teve início com o fim da Guerra Franco-Prussiana e eclodiu a Primeira Guerra Mundial. Um momento marcado de progresso tecnológico, científico , modernização e progresso, criaram um clima de entusiasmo e euforia na população da época.  Esse entusiasmo com o progresso refletia-se também na própria vida cotidiana dos grandes centros urbanos – principalmente no continente europeu, como Paris, Londres e Viena.

Belle époque -  cidade de paris um centro cultural e de diversão
Belle Époque – Cidade de Paris um centro cultural e de diversão

A “paz armada” – Potências europeias viviam uma verdadeira corrida armamentista porém, sem a intenção de dar início a um novo conflito. A prosperidade da Belle Époque nos palcos e nos bastidores, as potências estavam em uma política intensa de alianças entre si.

Fatores que levaram a Primeira Guerra Mundial

Choque de imperialismo – Imperialismo é um processo de domínio ou controle de uma nação sobre outra nação. Era uma busca incessante pelo fortalecimento e consolidação no mundo capitalista, marcado pela hegemonia do capital financeiro através das suas indústrias.  Uma disputa por matérias primas industriais, mercados consumidores e uma disputa colonial pelo território da África e Ásia (Conferência de Berlim 1895).

Nacionalismo exaltado – A Alemanha pregava um movimento que ficou conhecido como pangermanismo. Um movimento nacionalista que pretendiam colocar  os alemaes como força e potencia economica e militar hegemonica na Europa.

Rivalidades – Algumas rivalidades importantes que contribuiram de forma significativa para a eclosão da ”Grande Guerra”:

Alemanha x Inglaterra:  Devido a crescente industrialização da Alemanha e várias conquistas de mercados da Inglaterra. Os alemães estavam “roubando” mercados da Alemanha e evoluindo tecnologicamente na Europa. Questões referente ao projeto de ferrovia Berlim – Bagdá.

Alemanha x França: Desde a Guerra Franco – Prussiana (1871), a última guerra que concluiu o  processo de unificação da Alemanha. A França com Napoleão III, foi derrotada, humilhada e teve que pagar uma pesada indenização à Alemanha, e o pior, perdeu o território da Alsácia – Lorena – um rico território de matérias primas industriais como ferro e carvão mineral. Causando assim o que ficou conhecido como o “Revanchismo Francês”.

Expansionismo Russo – Desde a guerra Russo-Japonesa, em que a Rússia perdeu territórios para o Japão que influenciou consideravelmente o sentimento de expansionismo. O expansionismo russo teve como pilar pra justificar suas ações o pan-eslavismo, uma doutrina que pregava a unificação de todas as nações que falavam a língua ou etnia eslava da Europa Oriental. Um choque de interesses entre a Alemanha e o imperialismo russo.

Nacionalismo Sérvio – Uma região marcada por diversas etnias e disputas nacionalistas, essa região era um verdadeiro “barril de pólvora” prestes a explodir. A Primeira Guerra Mundial irá começar exatamente no território da península balcânica. A Sérvia com um sentimento nacionalista queria unir os territórios da região dos Balcãs e formar a “Grande Sérvia”, porem com isso muitas nações teriam que perder territórios e muitas serem desmembradas como o Império Turco Otomano e Austro- Húngaro. Em 1908 o Império Austro Húngaro vai anexar as Bósnia causando a insatisfação da Sérvia.

Política de Alianças na Europa

Tríplice AliançaTríplice Entente
AlemanhaFrança
Império Austro-húngaroInglaterra
ItáliaRússia
Sérvia
Política de Alianças na Primeira Guerra Mundial

A Primeira Guerra Mundial não teve somente ao envolvimento desses países, pois diversas outras nações envolveram-se no conflito. No lado da Entente, Grécia, Estados Unidos, Canadá, Japão e até mesmo o Brasil entraram no conflito. No lado da Tríplice Aliança, a participação da Bulgária e de outros povos e Estados clientes, como o Sultanato de Darfur, também tiveram participação.

As alianças não são somente de origem geográficas, foi criado também divisões que se perpetuaram nos conflitos subsequentes e influenciaram o estado atual dessas nações.

Vale lembrar aqui que a Itália deixou de fazer parte da Tríplice Aliança no decorrer da guerra. Mas como havia uma certa rivalidade entre a Itália e o Império Austro-Húngaro, esta aliança acabou por não se afirmar.

Estopim ou causa imediata da Primeira Guerra Mundial

O assassinato do futuro Imperador Austríaco, o arquiduque Francisco Ferdinando, na cidade de Sarajevo na Bósnia 28 de Junho de 1914. O herdeiro do trono irá fazer uma visita a Bósnia, na tentativa de convencer as pessoas da importância de fazerem parte do Império Austro – Húngaro, porém um grupo radical sérvio conhecido como “a mão negra”, vão assassinar o arquiduque.

Estopim primeira guerra mundial | morte do arquiduque francisco ferdinando em 1914 por um grupo radical da sérvia
Estopim primeira guerra mundial | morte do arquiduque francisco ferdinando em 1914 por um grupo radical da sérvia.

Fases da Primeira Guerra Mundial

primeira fase da guerra ficou conhecida como Guerra de Movimento e aconteceu entre agosto e novembro de 1914. Teve um destaque o plano alemão de invasão da França pelo território belga, o chamado Plano Schlieffen, um plano que foi elaborado pelo Conde Alfred von Schlieffen e consistia em uma manobra para envolver as tropas francesas e conquistar Paris, a capital da França. Batalha do Marne, os franceses vão consegui defender a cidade de Paris. Na Batalha de Tannenberg onde os russos irão invadir o território alemão irão sofrer uma derrota humilhante.

segunda fase ficou conhecida como Guerra de Trincheiras e ocorreu entre 1915 e 1918. As trincheiras eram corredores subterrâneos construídos para abrigar os soldados e separar os exércitos que lutavam entre si. Na maioria das vezes, a distância entre uma trincheira e outra era pouquíssima.

Guerra de trincheiras 1915 e 1918
Guerra de Trincheiras 1915 e 1918 | (Fonte: Wikimedia Commons)

Dentre os momentos e locais em que mais pessoas morreram está a Batalha de Verdun, travada por alemães e franceses durante 10 meses.  O exército Alemão decidiu atacar as defesas da região fortificada de Verdun, nas colinas localizadas ao norte da cidade histórica francesa. Um grande número de mortos se deve principalmente pelos novos equipamentos de guerra que foram utilizados por ambas as tropas durante a batalha. Entre eles estão: lança-chamas e até mesmo gás venenoso.

Rússia sai da guerra em 1917

Apesar da Rússia ter entrado na guerra, sua situação interna não era fácil: constantes crises de fome, super exploração dos trabalhadores (urbanos e rurais), movimentos políticos contra o Czar – a Rússia não tinha condições financeiras para manter seus soldados na guerra.

Em 1917 eclode a chamada Revolução Russa e, em outubro deste mesmo ano, após a subida dos bolcheviques ao poder, a Rússia finalmente deixa a guerra. Tratado de Brest-Litovsk foi um tratado de paz assinado entre a Rússia (já governada pelos bolcheviques) e as chamadas outras potências, oficializando a retirada da Rússia da guerra.

Estados Unidos entra na guerra ao lado da Tríplice Entente

Quando os alemães colocaram um plano diferenciado em ação, ataques as embarcações que forneciam mantimentos e armas para a Inglaterra. os norte-americanos foram alvejados pelos submarinos da Alemanha. Naquele instante a ação de neutralidade dos Estados Unidos foi por água abaixo e em 1917 declararam guerra contra os alemães e seus aliados.

Em pouco tempo, as tropas da Alemanha e da Áustria foram derrotadas. Em novembro de 1918, o armistício de Compiègne acertou a devida retirada dos alemães e a rápida vitória da Tríplice Entente.

Consequências da Primeira Guerra Mundial

Plano dos 14 pontos de Wilson – Uma proposta de paz do presidente Norte – Americano, uma proposta de paz sem vencedores chamada de “Diplomacia Nova”. Alguns pontos importantes propostos foram:

  • Sem anexação de territórios
  • Sem pagamentos de indenização
  • Fim de tratados secretos
  • Imediato desarmamento

Porém essa proposta Woodrow Wilson não foi bem aceita pelas potências Europeias, principalmente a França, que 1971 com o fim da Guerra Franco-Prussiana tinham perdido o território importante, foram humilhados e tinham pago indenização pesada.

Tratado de Versalhes – Realizado em 1919, um acordo selado entre as potências vencedoras da Primeira Guerra Mundial e a Alemanha derrotada, que teve como característica o revanchismo francês, a redefinição de fronteiras, o estabelecimento de indenizações e a criação da Liga das Nações.

A Alemanha e os seus Aliados são responsáveis, uma vez que os causaram, por todas as perdas e danos sofridos pelos governos aliados e pelos seus associados, bem como pelos cidadãos destes países, em consequência da guerra.

Tratado de Versalhes, o artigo 231 – Primeira Guerra Mundial

Com esse tratado ficou estabelecido que a Alemanha deveria reparar as nações envolvidas no conflito, especialmente as da Tríplice Entente.

  • Indenizações e Perdas de território
  • Desmobilização Militar

Criação da Liga das Nações – Reunião de nações através da mediação e arbitragem entre as mesmas em uma organização, manter a paz e a ordem no mundo inteiro, evitando assim conflitos desastrosos como o da guerra que recentemente devastara . Entretanto a Alemanha e a URSS não participariam da Liga das Nações. Porém será um fracasso total, pois o que se teve foi um revanchismo da Alemanha e se tornando um embrião para a Segunda Guerra Mundial.

Tratado de Trianon – Criado em junho de 1919, estabelece a desagregação do Império Austro-Húngaro e estabelece a Hungria e a Iugoslávia.

Tratado de Sévres – Criado em agosto de 1920, estabelece a desagregação do Império Turco – Otomano e estabelece a Turquia, Armênia, Síria e Líbano.

Este documentário dublado mostra o porquê a 1ª Guerra Mundial teve mais impacto na sociedade do que qualquer outro conflito até então. Documentário produzido pelo History Channel sobre a Primeira Guerra Mundial.

Documentário sobre a Primeira Guerra Mundial

Quer organizar seus estudos e ter a sua aprovação?

Que tal uma planilha pra te auxiliar com CONTROLE DE REVISÕES e CICLO DE ESTUDOS AUTOMÁTICO! Com ferramentas e dicas infalíveis para ter um caminho para o sucesso que é sua aprovação no concurso dos seus sonhos. Essa é a melhor compra para o seu caso.

Você está pronto para o sucesso? Clique abaixo e saiba como!

Deixe um comentário