Como estudar as propriedades da matéria

Matéria é tudo aquilo que ocupa lugar no espaço e possui massa. Porém, cada matéria pode apresentar uma ou mais características (propriedades da matéria) que são diferentes de outra matéria, como também pode apresentar características semelhantes.

Quando misturamos óleo na água, ambos no estado líquido, percebemos rapidamente que um não se dissolve no outro e posiciona-se de forma diferente no recipiente.

Essa simples mistura é suficiente para visualizarmos diversas propriedades da matéria, como a solubilidade (por não se dissolverem) e a densidade (por se posicionarem de forma diferente).

Não se esqueça de conferir assuntos semelhantes:

Saiba O Que É Balanceamento De Equações Químicas

De uma forma geral, as propriedades da matéria estão divididas em dois grupos, as gerais e as específicas
De uma forma geral, as propriedades da matéria estão divididas em dois grupos, as gerais e as específicas

Propriedades da matéria

De forma geral, as propriedades da matéria estão divididas em dois grupos, as gerais e as específicas.

Propriedades gerais da matéria

As propriedades gerais da matéria são as características que toda matéria vai apresentar, sendo isso independente do seu estado físico (sólido, líquido ou gasoso). São elas a inércia, massa, volume, impermeabilidade, compressibilidade, elasticidade e divisibilidade.

Massa é uma propriedade da matéria
Massa é uma propriedade geral da matéria

Inércia

A inércia é um conceito amplamente estudado em física, no entanto, em química esse conceito se difere.

Enquanto que na física, inércia é a resistência que a matéria oferece à aceleração, na química a inércia representa uma propriedade que possui uma substância de não reagir em contato com outra.

Uma matéria sempre apresenta a tendência de manter o seu estado, seja de repouso, seja de movimento, a não ser que uma força externa influencie.

Massa

Mais uma vez vemos os conceitos físicos e químicos com certa proximidade.

Fisicamente, massa é a grandeza que indica a medida da inércia ou da resistência de um corpo de ter seu movimento acelerado.

Entretanto, podemos também, associar a massa à quantidade de partículas existentes em uma matéria.

Volume

Trata-se do espaço que uma matéria ocupa independentemente do seu estado físico.

Impenetrabilidade

É o conceito que define que duas matérias ou corpos não podem ocupar o mesmo espaço ao mesmo tempo. Por exemplo, para enchermos uma garrafa, o ar tem que sair dela.

Compressibilidade

É a característica que a matéria apresenta de diminuir o espaço que estava ocupando quando submetida a uma força externa. Isso pode ser visto quando tampamos a ponta de uma seringa e empurramos o gás em seu interior com o êmbolo.

Elasticidade

É a característica que uma matéria tem de voltar à sua forma original quando uma força externa a estica ou comprime.

Divisibilidade

Trata-se da capacidade que a matéria possui de ser dividida inúmeras vezes sem deixar de ser o que ela é, isto é, não há modificação de sua composição química.

Propriedades específicas da matéria

No caso das propriedades específicas da matéria, são características próprias de cada matéria, ou seja, se uma matéria apresenta, não quer dizer que outra também apresentará a mesma característica.

A solubilidade é uma propriedade específica da matéria
A solubilidade é uma propriedade específica da matéria

Propriedades organolépticas

É a característica que a matéria apresenta de estimular pelo menos um dos cinco sentidos.

  • Paladar: quando ingerimos cloreto de sódio, sentimos o sabor salgado
  • Audição: o som produzido pela pipoca estourando
  • Tato: quando passamos uma toalha no rosto
  • Visão: luz percebida a partir de uma explosão
  • Olfato: quando descascamos uma mexerica

Propriedades funcionais

É a característica que algumas substâncias apresentam de desempenhar um mesmo papel ou função, e de promover uma mesma sensação.

Ácidos

Toda substância classificada como ácida apresentam sabor azedo e é capaz de sofrer o fenômeno da ionização (produzir íons). Seriam por exemplo o caso dos vinagres e limões.

Bases

Toda substância classificada como básica promove a sensação de adstringência e é capaz de sofrer o fenômeno da dissociação (liberar íons) em água. Sabe aquela sensação de amarrar na boca? É o caso de uma banana verde.

Sais

Toda substância classificada como salina possui sabor salgado (quando ingerida) e é capaz de sofrer o fenômeno da dissociação (liberar íons) em água. Literalmente qualquer sal.

Propriedades químicas

É a propriedade da matéria que é capaz de se transformar em outra, em um processo denominado de fenômeno químico. Na maioria das vezes um fenômeno químico só ocorre quando a matéria é submetida a determinadas condições como alteração de temperatura, catalisadores, eletrólise etc.

Uma matéria só se transforma em outra quando apresentam uma caraterística química em comum, principalmente átomos de elementos químicos em comum. Se queremos produzir iogurte, é preciso utilizar leite.

Outro exemplo clássico de fenômeno químico é a formação da água. Nesse processo, submetemos os gases oxigênio (O2) e hidrogênio (H2) a altas pressões e temperaturas, sendo o resultado a produção de uma substância completamente diferente, a água.

Propriedades físicas

São propriedades da matéria determinadas de forma experimental. Sendo elas a solubilidade, densidade, ponto de fusão, ponto de ebulição, tenacidade e dureza.

Solubilidade

Trata-se da característica que uma determinada matéria apresenta de dissolver outra. Podemos citar por exemplo universal a água, que possui a capacidade de dissolver o cloreto de sódio (sal de cozinha).

Densidade (d)

Conceito que define a relação entre a massa (m) da matéria e o espaço (volume) que ela ocupa. Ela é calculada por meio da seguinte fórmula:

d = m 
     V

Ponto de fusão (PF)

É a temperatura que indica quando uma matéria deixa de ser sólida e passa a ser totalmente líquida.

Ponto de ebulição (PE)

É a temperatura que indica quando uma matéria deixa de ser líquida e passa a ser totalmente gasosa.

Tenacidade

É a capacidade que uma matéria tem de resistir ao impacto com outra matéria. Quando uma pedra é arremessada no vidro, este se quebra, ou seja, a pedra é mais tenaz que o vidro.

Dureza

É a capacidade que uma matéria apresenta de riscar outra. Quando um gato arranha a sua pele significa que a unha dele é mais dura do que a pele.

FAQ – Perguntas frequentes propriedades da matéria

O que são propriedades da matéria?

Matéria é tudo aquilo que ocupa lugar no espaço e possui massa. Porém, cada matéria pode apresentar uma ou mais características (propriedades da matéria) que são diferentes de outra matéria, como também pode apresentar características semelhantes.
Quando misturamos óleo na água, ambos no estado líquido, percebemos rapidamente que um não se dissolve no outro e posiciona-se de forma diferente no recipiente.
Essa simples mistura é suficiente para visualizarmos diversas propriedades da matéria, como a solubilidade (por não se dissolverem) e a densidade (por se posicionarem de forma diferente).

O que são propriedades gerais da matéria?

As propriedades gerais da matéria são as características que toda matéria vai apresentar, sendo isso independente do seu estado físico (sólido, líquido ou gasoso). São elas a inércia, massa, volume, impermeabilidade, compressibilidade, elasticidade e divisibilidade.

O que são propriedades específicas da matéria?

No caso das propriedades específicas da matéria, são características próprias de cada matéria, ou seja, se uma matéria apresenta, não quer dizer que outra também apresentará a mesma característica.

Gostou do conteúdo? Que tal dar uma olhadinha em outros assuntos?

Não se esqueça de nos seguir nas redes sociais para ficar por dentro de tudo!

Deixe um comentário