República Romana: A Fundação até a Queda da Roma Antiga

A República Romana pode ser considerada uma das potências imperiais mais bem-sucedidas da história. Ao longo dos séculos, Roma cresceu de uma pequena cidade às margens do rio Tibre, na Itália central, para um vasto império que, por fim, abrangia a Inglaterra, todos os territórios continentais.

Uma região que começou pequena, mas acabou por se tornar um dos maiores impérios da Antiguidade. Foi tão grande que a dissolução do Império Romano do Ocidente em 476 marca historicamente o fim da Idade Antiga.

Aqui você irá conferir um resumo da história da Roma Antiga, com seus principais acontecimentos. Se quiser ler mais sobre a Antiguidade, pode visitar também o texto sobre a Mesopotâmia, Grécia e Egito. Se ficar com alguma dúvida, é só deixar um comentário.

Fundação da República Romana

O período republicano da Roma Antiga durou quase 500 anos, indo de 509 a.C. até 27 a.C. Ele tem início quando o rei Tarquínio é derrubado do poder, e quem o assume é o Senado. Em relação à estrutura da sociedade, ela se manteve a mesma da época da monarquia, com patrícios, clientes, plebeus e escravos, mas a organização política teve algumas mudanças, ela ficou separada desta maneira:

  • Senado: O cargo era vitalício e chegou a ter 300 membros;
  • Magistraturas: Haviam vários cargos de magistrado, para exercê-los era preciso ser cidadão romano, as magistraturas eram:
    • Cônsul: Comandava o exército e presidia as assembleias, bem como as sessões do Senado;
    • Pretor: Tratava de questões jurídicas, ou seja, questões de Justiça;
    • Edil: Tratava do comércio e do funcionamento da cidade como um todo;
    • Censor: Contava e classificava a população (sim, lembra muito a função do Censo Demográfico dos dias de hoje);
    • Questor: Tratava de questões financeiras
  • Assembleias: Conquista dos plebeus por uma voz na sociedade dominada pelos patrícios.

A república romana foi marcada por disputas de poder entre patrícios e plebeus. Os plebeus conseguiram garantir a sua participação em assembleias e também algumas leis:

  • Lei das Doze Tábuas (454 a.C.): Primeiras leis de Roma que foram escritas, a fim de que todo plebeu pudesse consultá-las. Estabeleceram a criação do Tribuno da Plebe.
  • Lei Canuleia (446 a.C.): Permitiu que plebeus se casassem com patrícios.
  • Lei Licínia (376 a.C.): Segundo esta lei, um dos Cônsules deveria ser plebeu.

Outra coisa que marcou o período republicano na Roma Antiga foram as guerras. O território romano expandiu-se muito, primeiro pela Península Itálica, depois em direção à Grécia e o resto do Mediterrâneo, o que causou uma ascensão de poder pelo exército romano, bem como um aumento da classe de escravos, causando um problema de desemprego.

O principal embate da época foram as Guerras Púnicas, entre Roma e Cartago pelo domínio total do Mediterrâneo, Foram três guerras no total, que duraram mais de cem anos e terminaram com vitória romana. Com a conquista da Grécia, formou-se a chamada cultura greco-romana, pois os romanos aderiram para si vários aspectos da cultura grega, misturando-os com a sua própria cultura existente.

Bom, com toda essa expansão, ficou difícil para o Senado e para os Magistrados terem controle da Roma Antiga. Ocorreram então vários embates políticos. A primeira solução encontrada para acalmar os ânimos e concentrar o poder foram os Triunviratos, nos quais o poder se concentraria nas mãos de três pessoas. Foram dois triunviratos no total, o primeiro entre os generais Júlio César, Pompeu e Crasso e o segundo (após o assassinato de Júlio César por membros do Senado) entre Marco Antônio, Otávio e Lépido (apoiadores de Júlio César em busca de justiça).

República romana - coliseu, cristianismo, cultura greco romana, cultura roma, cultura romana, guerras púnicas, império romano, império romano do ocidente, império romano do oriente, monarquia roma antiga, nero, pão e circo, patrícios, pax romana, plebeus, religião roma, república roma, roma, roma antiga, roma império, rômulo e remo, triunvirato - república romana: a fundação até a queda da roma antiga - roman capriccio the pantheon and other monuments by giovanni paolo panini - história, história geral
Roma Antiga corresponde a uma Civilização Itálica que teve origem no século VIII a. C.

O segundo triunvirato durou dez anos e ruiu por si só. Dos três, sobra apenas Otávio no poder, que é nomeado, enfim, imperador em 27 a.C., dando início ao Império Romano.

A crise da República

Não está claro até que ponto o fim temporário da era das grandes guerras ajudou a produzir a crise da República da Roma Antiga. A visão geral dos romanos pensantes era que o relaxamento das pressões externas levava à desintegração interna. (Isso aconteceu em outros estados, e a visão não deve ser descartada levianamente.) Além disso, o fim do saque em grande escala levou à recessão econômica em Roma, intensificando assim a pobreza e o descontentamento . Mas a crise subjacente vinha se acumulando ao longo de um longo período.

A era da República na Roma Antiga foi marcada por conflitos sociais e instabilidade política. Apesar de não existir um consenso do porque a república romana entrou em crise, acredita-se que as violências contra os escravos, reformas agrárias e guerras internas e externas contribuíram com o processo. 

Júlio césar, pompeu e marco licínio crasso
Júlio César, Pompeu e Marco Licínio Crasso

Para organizar a política administrativa generais do exército fracionaram o poder de Roma. Júlio César, Pompeu Marco Licínio Crasso, os três formaram o Primeiro Triunvirato (60 a.C a 53 a. C.). Depois da morte de Júlio César foi criado o Segundo Triunvirato (43 a.C a 33 a.C.) composto por Marco Antônio, Otávio e Lépido.

O Triunvirato, do latim ‘tresviri’ ou ‘triumviri’, na Roma antiga, foi um conselho de três funcionários. Havia vários tipos: Tresviri capitales, ou tresviri nocturni, instituído pela primeira vez por volta de 289 AC, auxiliava os magistrados superiores em suas funções judiciais, especialmente aquelas relacionadas ao crime e ao estado civil dos cidadãos. Tresviri epulones, originalmente um conselho de três sacerdotes, foi criado em 196 AC para se encarregar do banquete de Júpiter, o evento-chave nos festivais de Ludi Romani e Ludi Plebeii.

Tresviri monetales estavam no comando da casa da moeda para Romae a Itália durante a república e o império. Tresviri rei publicae constituendae (“triunvirato para organizar o estado”) foi o título concedido em 43 AC por cinco anos (renovado em 37 por mais cinco) ao grupo geralmente conhecido como Segundo Triunvirato (Marco Antônio, Marco Emílio Lépido e Otaviano [o futuro imperador Augusto]).

Sob ela, eles receberam autoridade absoluta, de alcance ditatorial. O chamado Primeiro Triunvirato de Pompeu, Júlio César e Marco Licínio Crasso, que começou em 60 AC , NÃO FOI UMA comissão criada formalmente, mas um pacto extralegal entre três fortes líderes políticos.

Conselhos de três pessoas, geralmente eleitos, chamados triumviri agris dandis assignandis (às vezes também judicandis) e triumviri coloniae deducendae foram frequentemente colocados, respectivamente, encarregados de atribuições de terras e encarregados da fundação de colônias durante os últimos três séculos da república (3º-1º século AC).

A cultura da Roma Antiga teve fortes influências da cultura dos povos que eles dominaram, principalmente dos gregos. Ao invés de destruir as culturas dos povos ao dominar suas terras, eles as assimilavam, criando uma cultura cada vez mais rica. Essa é a origem do que chamamos de cultura greco romana.

Cultura e Religião da Roma Antiga

Foto do coliseu | roma antiga
O Coliseu. Cr.: Sam Valadi

Inspirados pela cultura grega, os romanos se destacaram com suas esculturas e pinturas, bem como a popularidade das peças de teatro. Diz-se que o único aspecto da cultura romana que não foi completamente pautado pelos gregos foi a arquitetura, onde destacava-se a presença dos arcos. A língua falada por eles era o latim, que deu origem à grande parte das línguas faladas no ocidente nos dias atuais, incluindo o nosso português.

Uma outra característica marcante é a política da Roma Antiga é chamada de “Pão e Circo”, criada durante o Império Romano. Tratava-se de uma medida para evitar revoltas da população, que consistia no oferecimento de alimento e distrações para a população, a fim de desviar as atenções de questões mais sérias. Foi nesta época que tornaram-se populares os espetáculos com gladiadores, e a popularização do famoso Coliseu.

Em relação à religião, era politeísta, e também derivou dos gregos. Os deuses eram bem semelhantes aos dos gregos, porém renomeados e adaptados para a cultura romana. Seguem alguns dos principais deuses romanos:

DeusDomínio
JúpiterPrincipal figura entre os deuses, deus do dia
ApoloDeus do sol
VênusDeusa do amor e da beleza
PlutãoDeus do submundo
MinervaDeusa da sabedoria
MarteDeus da guerra
BacoDeus do vinho e das festas
NetunoDeus dos mares e oceanos
MercúrioMensageiro dos deuses e deus dos comerciantes
DianaDeusa da caça

Essa religião foi a principal adotada pelos romanos até o ano de 380, quando o cristianismo tornou-se religião oficial do Império. Muitos cristãos foram perseguidos a mando de imperadores como Nero. O cristianismo teria surgido no próprio Império Romano, na região da Palestina, e que ganhou força com o nascimento do grande messias Jesus Cristo, que marcou a mudança do calendário de a.C. para d.C.

Cristãos foram perseguidos oficial e clandestinamente até 313, com o imperador Constantino que havia se convertido em cristão e assinou o Édito de Milão, documento que estabelece liberdade e tolerância de religião para os romanos, pondo fim às perseguições, e aceitando, enfim, o cristianismo como religião. Depois disso, a religião apenas se expandiu e ganhou popularidade, culminando no Édito da Tessalônica, em 380, que estabelecia-a como religião oficial.

FAQ Rápida

O que foi a Roma Antiga?

Roma Antiga foi uma civilização que teve origem na Península Itálica durante o século VIII a. C.. A princípio, essa região era uma pequena aldeia, e aos poucos foi se tornando um dos maiores impérios no mundo antigo. Roma Antiga estava localizada ao longo do mar Mediterrâneo e centrada na cidade de Roma, hoje a capital da Itália.

Porque Roma se tornou república?

A queda da monarquia foi marcada por uma revolução política em Roma, ocorrida por volta de 509 a.C.. Acredita-se que enquanto o rei  Lúcio Tarquínio Soberbo estava fora da cidade em uma campanha, seu filho, Sexto Tarquínio, estuprou uma nobre romana, chamada Lucrécia.

Mais tarde, ela própria revelou o crime a outros nobres romanos e tirou sua vida. Os nobres, liderados por Lúcio Júnio Bruto, com o apoio da aristocracia e do povo, se organizaram para expulsar o rei e sua família e fundar uma República Romana.

Qual a relação do cristianismo com Roma?

Com a decadência do império no final do século II e a ameaça de invasões bárbaras, começou outro período de perseguição aos cristãos, que se recusavam a servir no exército romano em nome do imperador.
O cristianismo seguia ganhando cada vez mais seguidores, se tornando a crença mais popular no império. Ao perceber a força da religião, o imperador Constantino I resolveu usá-la politicamente para fortalecer seu próprio poder e enfrentar a decadência romana.

Quem governava a República Romana?

As instituições sociais e econômicas durante a Roma Antiga se fortaleceram e e a cidade expandiu ainda mais o seu território. Roma passou a ser uma das civilizações mais poderosas do mudo antigo, sendo governada pelo Senado.

O que é a Lenda da Loba?

O mito da fundação de Roma tem como protagonistas os gêmeos Rômulo e Remo. Abandonados em um cesto nas águas do Rio Tibre, eles foram salvos por uma loba. Adulto, Rômulo matou Remo e, em seguida, fundou Roma oito séculos antes de Cristo. De acordo com a lenda, Rômulo e Remo eram filhos do deus da mitologia grega Ares, ou Marte na mitologia romana, e da mortal Reia Sílvia, filha de Numitor, rei de Alba Longa, um reino que seria localizado também na Península Itálica.

Fale conosco nos comentários e diga oque achou dessa matéria e aproveite para ler mais sobre história, como nossa matéria sobre o Império Romano, no nosso site.

Deixe um comentário